quinta-feira, 14 de agosto de 2014

ILA Berlin 2014


Eurofighter Typhoon "31#17"da Luftwaffe

Texto e Fotos por Frank Vorwerk, Alemanha (Todos os direitos reservados)
_____________________________________________________________________________

O Berlin Air Show, evento com 105 anos de história, recebeu mais de 227.000 visitantes (o 2º maior público de sua história) entre os dias 20 a 25 de maio deste ano. Realizado no Berlin ExpoCenter Airport, o evento reuniu 1.023 expositores de 40 países, apresentando o mercado aeroespacial mundial e seus produtos de alta tecnologia, projetos de pesquisa e desenvolvimento, aeronaves, sistemas terrestres e espaciais, etc. Outra faceta conhecida do público são os Shows Aéreos, mais de 30 horas de exibições em voo aconteceram nos céus da cidade alemã.

Messerschmitt Me-262A-1C Schwalbe Replica D-IMTT "501244" mantém total fidelidade aos originais da época da guerra, exceto pelos motores, dois J-85 semelhantes aos usados nos caças F-5, e sistemas de comunicações e navegação modernos. No mais, é a mesma aeronave.
O cockpit do Messerschmitt Me-262A-1C Schwalbe Replica D-IMTT "501244", de propriedade da Airbus Defense and Space, que o mantém em condições de voo na atualidade

O colaborador de T&D na Alemanha, Frank Vorwerk, nos enviou alguns registros de aeronaves da Luftwaffe e Forças Aéreas convidadas se apresentando em voo, veículos e blindados do Bundeswehr, e a presença de um revolucionário clássico da aviação militar mundial criado na 2ª Guerra Mundial, o Messerschmitt Me 262 Schwalbe ("Andorinha"), primeiro caça a jato a entrar em uso operacional.

Mig-29 da Força Aérea Polonesa (Polish Air Force Kosciuszko Squadron, '90th Anniversary')

MIL MI-17 Hip "9837" da Aviação do Exército Polonês

Os Tchecos enviaram para Berlim um dos seus SAAB JAS 39 Gripen C. Em um futuro próximo, a Força Aérea Brasileira deverá receber pelo menos 10 unidades dessa aeronave para emprego temporário enquanto não forem entregues os novos Gripen NG E\F
RED BULL Air Shows e seus helicópteros MBB BO 105P (atrás) e Hughes Cobra AH-1 (a frente)

A visão ameaçadora de um MIL MI-24\35 Hind da Aviação do Exército Polonês, em voo

Um F-16C da USAF, baseado na Alemanha, em exibição estática no pátio do evento

Decolagem do gigantesco Antonov AN-124 Ruslan de uma operadora de cargas da Rússia

Caminhão militar médio Mercedes Benz 6x4 levemente blindado do Exército Alemão

O KMW Fuchs, visto nessa foto, foi um dos veículos que o Repórter Especial Kaiser Konrad pode conferir operando no Afeganistão recentemente. A matéria completa pode ser vista na edição 137 de T&D

Inicialmente cotado para a concorrência Viatura Blindada Multitarefa, Leve de Rodas (VBMT-LR) do Exército Brasileiro, o GENERAL DYNAMICS EUROPEAN LAND SYSTEMS Eagle 4x4 acabou não participando. Aqui, um exemplar configurado como ambulância, usado pela Luftwaffe.

O comprovado UNIMOG, visto aqui em configuração logística com braço hidráulico para apoio as atividades de campo, tem um histórico de sucesso no Brasil, especialmente com o Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil.

Utilitário militar Mercedes Benz reboca truque para transporte de armas guiadas. Em primeiro plano, uma bomba "burra" MK.84 de 2.000 libras com kit LGB GBU-24B, e em 2º plano, uma bomba "inteligente" JDAM de nova geração, guiada por sinal GPS.

Caça Bombardeiro A-10 Thunderbolt II da Idaho Air National Guard, 190th Fighter Squadron

terça-feira, 29 de julho de 2014

Brasil exporta UAV pela 1ª vez

Horus FT-100 na África
__________________________________________________________________________

Fotos: Roberto Valadares Caiafa

A empresa brasileira Flight Tech anunciou a primeira venda de exportação do seu Veículo Aéreo Não Tripulado (VANT) Horus FT-100 para uma nação do continente africano não revelada. Trata-se da primeira operação do tipo na história da Indústria Brasileira de Defesa, e seu significado geopolítico tem maior importância até que os valores envolvidos na negociação. O Horus FT-100, desenvolvido pelo Exército Brasileiro por intermédio do Instituto Militar de Engenharia (IME) e do Centro Tecnológico do Exército (CTEx), é um VANT elétrico de curto alcance do tipo "Uma Mochila Um VANT" de alta portabilidade utilizado como "olhos da tropa" em pelotões, companhias ou mesmo batalhões, auxiliando na aquisição de alvos, reconhecimento, segurança de perímetro, apoio às ações de infiltração e exfiltração, etc.



Seu uso dual civil como meio para para aerolevantamentos em diferentes setores (agrícola, mineração, controle ambiental, entre outros), atendendo usuários que exigem flexibilidade e mobilidade para as operações em curtas distâncias, fazem do tipo um importante auxílio no desenvolvimento econômico e no reforço da segurança pública do país operador. A Flight Tech é certificada pelo Ministério da Defesa do Brasil como uma Empresa Estratégica de Defesa (EED) e atua no desenvolvimento, produção e suporte a VANTs Táticos Leves.


domingo, 27 de julho de 2014

Spotting Photo por Roberto Valadares Caiafa

























quarta-feira, 9 de julho de 2014

1º Spotting Day Aeroporto Internacional Tancredo Neves

1º Spotting Day 

Aeroporto Internacional Tancredo Neves - Confins


Essas fotos para mim são emblemáticas. Elas representam um grupo de amigos (antes de mais nada) conhecidos como "spotters" ou fotógrafos de aviação. Estávamos em casa, no nosso aeroporto internacional, autorizados, documentados e apoiados de forma magistral pela INFRAERO e pela Superintendência do Aeroporto - Gerência Operacional, para fazer o que temos como uma paixão, a fotografia de aeronaves em um aeroporto.

Agradeço a INFRAERO (EMPRESA BRASILEIRA DE INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA), na pessoa da Superintendente do Aeroporto, Sra. Maria Edwirges Madeira, ao Marcos José da Silva, que entre outras atividades, é fiscal de pista no aeroporto, ao Marcos Junglas, meu irmão de aviação e amigo (e um dos melhores fotógrafos de aviação em atividade no Brasil, na minha opinião), ao Sergio Carneiro Correa, ao Tom Braga (Tom, obrigado pela Missão no Minierão depois de sairmos de Confins), Diego Oliveira, Herr Doctor Oficiale Lucas Coacci Rangel, o Master Reinaldo Neves, o MasterFlávio Campos, o Master Lucas Ulhôa, Master Bruno Xavier, puxa, não estou conseguindo lembrar de todo mundo agora, quem não foi marcado, por favor, me ajudem aê amigos.

Obrigado a todos.

Agradeço também a Assessora da Presidência da INFRAERO, Superintendência Regional do Sudeste-SRSE, Sra. Janete Ribeiro, pelas palavras de apoio e incentivo ao grupo, quando da nossa saída da área operacional, ao fim da jornada. Um gesto significativo que nos dá mais responsabilidade ainda.

Na minha cidade, no nosso aeroporto, com meus amigos, fazendo o que gosto em um dia especial, Nikon na mão. Não tem preço.

Texto de Marcos José da Silva

Aproveito para agradecer à INFRAERO, representada pelas Superintendência Aeroportuária SBCF, Gerências de Operações, Segurança e Comunicação Social pela realização do nosso 1º Spotting Day no Aeroporto Internacional Tancredo Neves.

Agradeço ainda ao grande amigo Marcos Junglas por todo o apoio na organização deste grande evento.

Agradeço imensamente aos amigos Bruno Xavier, Dhiego Henrique, Lucas Coacci Rangel, Lucas Picardi, Lucas Ulhôa, Alison Almeida, Flávio Campos,Reinaldo Neves, Tom Braga, Roberto Valadares Caiafa, Antônio Souza Lima Jr. e Sergio Carneiro Correa por terem marcado presença tornando possível a realização plena do evento.

Agradeço também, a parceria do site CNF ao vivo, Asas Metálicas e Contato Radar.


















































AeroCounter