sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Cruzex Flight 2013, Força Aérea Brasileira, BANT (Roberto Caiafa)


























sábado, 17 de janeiro de 2015

T&D voa o AMX da Aeronautica Militare Italiana (AMI)

http://tecnodefesa.com.br/tecnologia-defesa-realiza-cobertura-especial-na-italia/

AMX AMI

REVO com 767

Kaiser David Konrad a esquerda
Na linha de voo!


quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Batalhão de Operações Aéreas (BOA) - Arcanjo completa oito anos!

Batalhão de Operações Aéreas (BOA)
Voando para Salvar!










O Batalhão de Operações Aéreas (BOA), do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), celebrou oito anos de criação na última quarta quarta-feira (17), no hangar do aeroporto da Pampulha. Unidade de aviação do CBMMG responsável pela utilização de aviões e helicópteros, o BOA, desde o início das operações em 2006, já resgatou 3.415 pessoas ao longo de 5.100 horas de voo. O efetivo do batalhão conta com cinquenta bombeiros militares e 16 médicos e enfermeiros do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu-BH) atuando em conjunto para salvamentos e resgates de vítimas mais graves. A frota atual é composta por dois helicópteros Helibras Esquilo HB 350 B2, com capacidade para seis pessoas, um avião Cessnna Centurion II 210 (seis pessoas) e o recém-adquirido helicóptero modelo EC-145 (também da Helibras) com capacidade para nove pessoas, único no Brasil configurado para a realização de missões aeromédicas e voo por instrumentos, empregado na aviação de segurança pública.

Vítimas agradecem aos Bombeiros.

Uma das vítimas socorridas pelos helicópteros do BOA é Vítor Amaral, 32 anos, que sofreu um acidente no dia 19 de setembro de 2009, quando fazia trilha de moto, em Nova Lima. Ele caiu num buraco e quebrou as duas pernas. O rapaz usou seu celular para discar 193 e sete minutos depois desse esse telefonema o Arcanjo o localizou. Após longa fisioterapia e recuperação, ele resolveu agradecer à equipe de bombeiros que lhe socorreu. Outra vítima é Rafael Barreto, de 22 anos, que caiu de bicicleta na mesma trilha em Nova Lima, sofreu traumatismo craniano grave e ficou inconsciente. Está em tratamento no hospital Sarah Kubitschek, recuperando os movimentos gradualmente, mas mesmo com todas as dificuldades de locomoção, compareceu a cerimônia para homenagear seus salvadores.











Autoridades e homenagens

A solenidade contou com a presença do coronel BM Cleberson Santos, sub-chefe do Estado Maior do CBMMG (representando o comandante-geral), do atual comandante do BOA, tenente-coronel BM Cláudio Roberto, oficiais, graduados, cabos e soldados, familiares, representantes da Secretaria de Segurança Pública, da Secretaria de Saúde, policias civis da unidade irmã do BOA, o Carcará PCMG (sob o comando do Agente Carlos Victor Teixeira), e do Batalhão de Radio Patrulhamento Aéreo da PMMG (Btl RpAer), na pessoa de seu comandante, tenente-coronel PMMG Ledwan Salgado Cotta. Militares do BOA que se destacaram no último ano receberam condecorações, e o mais novo comandante de aeronave do BOA, o capitão BM Cléber Antônio Penido Prado Jr, recebeu sua promoção e placa comemorativa destacando o helicóptero AS 350 B2, utilizado pela unidade desde a sua criação.

























AeroCounter